6 maneiras de chamar a atenção
Qui, 06 de Junho de 2013 19:03
Autopromover-se sem parecer arrogante é uma tarefa difícil para a maioria. As pessoas oscilam entre a tentativa de se ofuscar e a exposição quase narcisista. No entanto, em algum lugar nesse meio termo está a arte de ser notado de maneira positiva no ambiente profissional.
Shelley Prevost, cofundadora de uma incubadora nos Estados Unidos, listou, no site da Inc., seis maneiras de fazer uma autopromoção, mas sem exageros.
1. Deixe seus resultados falarem por você
As pessoas se importam mais com o que você já fez do que com o que você irá fazer. Não há nada como um currículo para chamar a atenção. Não precisa ser nada muito robusto e inatingível. Por exemplos, quais problemas você já resolveu na sua empresa? Quais foram as iniciativas que você tomou? Você foi capaz de ajudar alguém no seu trabalho? Ao conquistar coisas de valor, você tem a oportunidade de se promover.
2. Promova os outros
Alguém que sabe valorizar os colegas de trabalho raramente percebe o quão inspirador é para eles. Quanto mais você notar o sucesso em outras pessoas, mais confiança e aprovação você passará a elas.
As pessoas podem esquecer o que você falou ou fez, mas dificilmente esquecerão como você as fez sentir. Se você as fizer sentir notadas, elas irão notá-lo.
3. Fale sobre aquilo em que você acredita
“Eu acredito em criar empregos e fazer pessoas se sentirem importantes em seus cargos” é diferente de “Eu sou fundador de uma empresa de 200 funcionários”. A diferença é sutil, mas está lá.
Apresentar aquilo em que você realmente crê é uma pista para os colegas terem uma noção de suas conquistas, sem que você precise ser explícito. Se estiverem de fato interessados em dados mais específicos, perguntarão.
4. Admita suas falhas
Assumir um erro é um sinal de vulnerabilidade, uma característica encontrada em líderes de negócios. As falhas humanizam o sucesso, assim como é importante que colegas de trabalho percebam o ser humano em você.
Lógica e intelecto o conduzem até certo ponto. Autenticidade e humildade podem levá-lo além.
5. Decida pelo que quer ser conhecido
Aprimore aquilo que lhe dê destaque, mas deixe para os outros a tarefa de falar sobre isso. Se você for muito superficial e amador, não entenderão seus atributos.
Sua tarefa é descobrir seu superpoder, o que o diferencia, e fazer isso melhor do que todos. Se você for verdadeiramente muito bom em algo, receberá elogios.
6. Permita-se algumas exceções
Certas vezes é necessário falar um pouco sobre si mesmo. Se você realizou uma tarefa difícil, fale sobre ela. Tenha a garantia de que você está conversando com as pessoas certas e de que seu feito é diferenciado. Os colegas certos se empolgarão junto com você.

Autopromover-se sem parecer arrogante é uma tarefa difícil para a maioria. As pessoas oscilam entre a tentativa de se ofuscar e a exposição quase narcisista. No entanto, em algum lugar nesse meio termo está a arte de ser notado de maneira positiva no ambiente profissional.

Shelley Prevost, cofundadora de uma incubadora nos Estados Unidos, listou, no site da Inc., seis maneiras de fazer uma autopromoção, mas sem exageros.

1. Deixe seus resultados falarem por você

As pessoas se importam mais com o que você já fez do que com o que você irá fazer. Não há nada como um currículo para chamar a atenção. Não precisa ser nada muito robusto e inatingível. Por exemplos, quais problemas você já resolveu na sua empresa? Quais foram as iniciativas que você tomou? Você foi capaz de ajudar alguém no seu trabalho? Ao conquistar coisas de valor, você tem a oportunidade de se promover.

2. Promova os outros

Alguém que sabe valorizar os colegas de trabalho raramente percebe o quão inspirador é para eles. Quanto mais você notar o sucesso em outras pessoas, mais confiança e aprovação você passará a elas.

As pessoas podem esquecer o que você falou ou fez, mas dificilmente esquecerão como você as fez sentir. Se você as fizer sentir notadas, elas irão notá-lo.

3. Fale sobre aquilo em que você acredita

“Eu acredito em criar empregos e fazer pessoas se sentirem importantes em seus cargos” é diferente de “Eu sou fundador de uma empresa de 200 funcionários”. A diferença é sutil, mas está lá.

Apresentar aquilo em que você realmente crê é uma pista para os colegas terem uma noção de suas conquistas, sem que você precise ser explícito. Se estiverem de fato interessados em dados mais específicos, perguntarão.

4. Admita suas falhas

Assumir um erro é um sinal de vulnerabilidade, uma característica encontrada em líderes de negócios. As falhas humanizam o sucesso, assim como é importante que colegas de trabalho percebam o ser humano em você.

Lógica e intelecto o conduzem até certo ponto. Autenticidade e humildade podem levá-lo além.

5. Decida pelo que quer ser conhecido

Aprimore aquilo que lhe dê destaque, mas deixe para os outros a tarefa de falar sobre isso. Se você for muito superficial e amador, não entenderão seus atributos.

Sua tarefa é descobrir seu superpoder, o que o diferencia, e fazer isso melhor do que todos. Se você for verdadeiramente muito bom em algo, receberá elogios.

6. Permita-se algumas exceções

Certas vezes é necessário falar um pouco sobre si mesmo. Se você realizou uma tarefa difícil, fale sobre ela. Tenha a garantia de que você está conversando com as pessoas certas e de que seu feito é diferenciado. Os colegas certos se empolgarão junto com você.

 

Papo de Empreendedor - 11/03/2013

Link de origem 

Bookmark and Share

 

Juro Zero 100%!

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) de Santa Catarina criou o programa Juro Zero para os microempreendedores individual (MEIs). Com o Juro Zero, a SDE promove o crescimento econômico do Estado, atuando junto à base da economia. O programa está presente em 100% do território catarinense, com mais de R$ 260 milhões concedidos em linhas de crédito.

 
  
      twitter2 facebook2 rss2

© 2011 - Desenvolvimento CIASC