Cooperativas de crédito terão treinamento para operar o programa Juro Zero
Qua, 22 de Janeiro de 2014 16:56
A Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) realizará uma capacitação nesta quinta-feira, 23, para as cooperativas de crédito sobre o programa Juro Zero, para microempreendedores individuais (MEIs). "Nosso objetivo é ampliar o acesso ao Juro Zero, disponibilizando linhas de crédito também nas agências das cooperativas do Estado. A expectativa é que os empréstimos sejam concedidos nas instituições habilitadas nos próximos três meses", conta o secretário da SDS, Paulo Bornhausen. O treinamento será realizado no auditório do Golden Executive Hotel, em São José, às 13h30.
Inicialmente serão incluídas as 298 agências do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) presentes em 220 municípios catarinenses. Outras cooperativas de crédito que tiverem interesse e estiverem aptas para operar o Programa Nacional do Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO), habilitadas pela Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), poderão também operar o Juro Zero.
Em dois anos, o Juro Zero concedeu 20.404 empréstimos, o que corresponde a R$ 57.529.074,91. Para participar, é necessário que o MEI esteja formalizado e tenha receita de, no máximo, R$ 60 mil por ano. O empréstimo é de até R$ 3 mil, que pode ser parcelado em oito vezes. Com o pagamento em dia das sete primeiras parcelas, a oitava, que equivale aos juros, é paga pelo Governo do Estado.

A Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) realizará uma capacitação nesta quinta-feira, 23, para as cooperativas de crédito sobre o programa Juro Zero, para microempreendedores individuais (MEIs). "Nosso objetivo é ampliar o acesso ao Juro Zero, disponibilizando linhas de crédito também nas agências das cooperativas do Estado. A expectativa é que os empréstimos sejam concedidos nas instituições habilitadas nos próximos três meses", conta o secretário da SDS, Paulo Bornhausen. O treinamento será realizado no auditório do Golden Executive Hotel, em São José, às 13h30.

Inicialmente serão incluídas as 298 agências do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) presentes em 220 municípios catarinenses. Outras cooperativas de crédito que tiverem interesse e estiverem aptas para operar o Programa Nacional do Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO), habilitadas pela Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), poderão também operar o Juro Zero.

Em dois anos, o Juro Zero concedeu 20.404 empréstimos, o que corresponde a R$ 57.529.074,91. Para participar, é necessário que o MEI esteja formalizado e tenha receita de, no máximo, R$ 60 mil por ano. O empréstimo é de até R$ 3 mil, que pode ser parcelado em oito vezes. Com o pagamento em dia das sete primeiras parcelas, a oitava, que equivale aos juros, é paga pelo Governo do Estado.
Bookmark and Share

 

Juro Zero 100%!

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) de Santa Catarina criou o programa Juro Zero para os microempreendedores individual (MEIs). Com o Juro Zero, a SDE promove o crescimento econômico do Estado, atuando junto à base da economia. O programa está presente em 100% do território catarinense, com mais de R$ 260 milhões concedidos em linhas de crédito.

 
  
      twitter2 facebook2 rss2

© 2011 - Desenvolvimento CIASC