Sebrae/SC promove semana de formalização para microempreendedor
Sex, 28 de Junho de 2013 18:08

 

Atendimento individual, formalização, informações sobre crédito, oficinas e cursos acontecem de 1 a 6 de julho, em mais de 25 cidades do Estado
Aumentar o número de microempreendedores individuais formalizados e capacitá-los são os principais objetivos da 5ª Semana do Microempreendedor Individual, promovida pelo Sebrae/SC em Criciúma, Tubarão, São Miguel do Oeste, Maravilha, Joaçaba, Caçador, Videira, Lages, Xanxerê, Xaxim, São Lourenço do Oeste, Chapecó, Concórdia, Florianópolis, São José, Palhoça, Garopaba, Joinville, Jaraguá do Sul, Mafra, Itajaí, Itapema, Porto Belo, Blumenau e Rio do Sul. O atendimento e a formalização serão feitas em tendas montadas no centro das cidades, nas agências  de atendimento e em unidades móveis do Sebrae/SC das 9h às 18h e, no sábado, das 9h às 12h.
Sérgio Cardoso, diretor de administração e finanças do Sebrae/SC, destaca que o objetivo do Sebrae/SC vai muito além da formalização. “Santa Catarina possui mais de cem mil microempreendedores individuais, é um montante significativo para a economia do Estado e que precisa ter condições de manter suas atividades e de crescer cada vez mais. Por isso a capacitação e orientação são tão importantes”, enfatiza.
A formalização como microempreendedor individual beneficia os trabalhadores autônomos que faturam até R$ 60 mil ao ano. São mais de 400 atividades passíveis de formalização. Com carga tributária diferenciada, os microempreendedores individuais são isentos de quase todos os tributos do Simples. Eles pagam uma taxa fixa mensal de 5% do valor do salário mínimo para a Previdência Social e mais R$ 1,00 de ICMS, se atuarem no setor de indústria ou comércio; ou R$ 5,00, se forem da área de serviços.
Outras vantagens do EI são o acesso às compras públicas e a crédito mais barato e facilitado, como no Programa Juro Zero, do Governo catarinense, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, Badesc, Amcred e Sebrae/SC. O registro do microempreendedor individual é simples, rápido e gratuito, feito no site www.portaldoempreendedor.gov.br
.Mais informaçoes pelo 0800 570 0800.

Atendimento individual, formalização, informações sobre crédito, oficinas e cursos acontecem de 1 a 6 de julho, em mais de 25 cidades do Estado

Aumentar o número de microempreendedores individuais formalizados e capacitá-los são os principais objetivos da 5ª Semana do Microempreendedor Individual, promovida pelo Sebrae/SC em Criciúma, Tubarão, São Miguel do Oeste, Maravilha, Joaçaba, Caçador, Videira, Lages, Xanxerê, Xaxim, São Lourenço do Oeste, Chapecó, Concórdia, Florianópolis, São José, Palhoça, Garopaba, Joinville, Jaraguá do Sul, Mafra, Itajaí, Itapema, Porto Belo, Blumenau e Rio do Sul. O atendimento e a formalização serão feitas em tendas montadas no centro das cidades, nas agências  de atendimento e em unidades móveis do Sebrae/SC das 9h às 18h e, no sábado, das 9h às 12h.

Sérgio Cardoso, diretor de administração e finanças do Sebrae/SC, destaca que o objetivo do Sebrae/SC vai muito além da formalização. “Santa Catarina possui mais de cem mil microempreendedores individuais, é um montante significativo para a economia do Estado e que precisa ter condições de manter suas atividades e de crescer cada vez mais. Por isso a capacitação e orientação são tão importantes”, enfatiza.

A formalização como microempreendedor individual beneficia os trabalhadores autônomos que faturam até R$ 60 mil ao ano. São mais de 400 atividades passíveis de formalização. Com carga tributária diferenciada, os microempreendedores individuais são isentos de quase todos os tributos do Simples. Eles pagam uma taxa fixa mensal de 5% do valor do salário mínimo para a Previdência Social e mais R$ 1,00 de ICMS, se atuarem no setor de indústria ou comércio; ou R$ 5,00, se forem da área de serviços.

Outras vantagens do EI são o acesso às compras públicas e a crédito mais barato e facilitado, como no Programa Juro Zero, do Governo catarinense, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, Badesc, Amcred e Sebrae/SC. O registro do microempreendedor individual é simples, rápido e gratuito, feito no site www.portaldoempreendedor.gov.br

Mais informaçoes pelo 0800 570 0800.

 

Sebrae Santa Catarina - 26/06/2013

Link de origem 

 

Bookmark and Share

 

Juro Zero 100%!

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) de Santa Catarina criou o programa Juro Zero para os microempreendedores individual (MEIs). Com o Juro Zero, a SDE promove o crescimento econômico do Estado, atuando junto à base da economia. O programa está presente em 100% do território catarinense, com mais de R$ 260 milhões concedidos em linhas de crédito.

 
  
      twitter2 facebook2 rss2

© 2011 - Desenvolvimento CIASC